Defenitely Dead – Charlaine Harris


capa do livro Definitely Dead
capa do livro Definitely Dead

Definitely Dead – Charlaine Harris

série: Sookie Stackhouse novels

Editora ACE Books – 342 páginas

Pontuação: 5 (distribuindo nota máxima pra todos os livros da Charlaine – mega íntima)

Uma das coisas legais dos títulos do livros da série Sookie Stackhouse é o jogo de palavras com o termo Dead. Todos os títulos tem Dead presente e aparecem no meio da história como termos usados pelos personagens. No caso de Definitely Dead, é quando um  vampiro tem sua segunda morte, que é sim, definitiva.

A prima de Sookie, Hadley, teve sua morte definitiva. Assassinada por ciúmes por ser a favorita da rainha da Louisiana. Sookie é convocada a ir até New Orleans para reaver a herança de sua prima e os objetos deixados no apartamento que ela alugava.

Minha teoria de que a Sookie tem um pretendente novo a cada livro se torna real em Definitely Dead. Quinn, o juíz do torneio de packmaster do último livro e were-tiger, é o mais novo da lista, com direito a ceninha de ciúmes do Eric. (Okei, Quin é legal, mas pela descrição da Charlaine eu ficava imaginando o Vin Diesel o tempo todo, com aquela voz grave e rachada, e não era uma coisa muito agradável, já que na minha cabeça a Sookie não combina com o Vin Diesel… mas, bem.) Em seu primeiro encontro eles são atacados por Weres recém-mordidos. Com a Sookie é assim, passeio com emoção, sempre. Continue lendo “Defenitely Dead – Charlaine Harris”

Anúncios

Dead as a Doornail – Charlaine Harris


capa do livro Dead as a Doornail
capa do livro Dead as a Doornail

Dead as a Doornail – Charlaine Harris

série: Sookie Stackhouse novels

Editora ACE Books – 310 páginas

Pontuação: 5

E vamos que vamos que a febre Charlaine Harris me pegou de jeito e agora é um atrás do outro.  Acho que desde Percy Jackson que eu não sinto essa empolgação de continuar a ler uma série (ainda bem que tenho quase todos os livros aqui).

O complicado agora é que conforme a história vai passando o livro e o plot da história gira todo em torno de spoilers… Ou seja, como falar sobre um livro sem estragar a maior parte da surpresa do anterior… Continue lendo “Dead as a Doornail – Charlaine Harris”

Dead to the World – Charlaine Harris


capa do livro Dead to the World
capa do livro Dead to the World

Dead to the World– Charlaine Harris

série: Sookie Stackhouse novels

Editora ACE Books – 310 páginas

Pontuação: 5

Pulando totalmente as resenhas dos dois últimos livros da série Força Sigma direto para o meio de uma série de vampiros.

Sookie Stackhouse novels é uma das séries que fiz questão de ler na língua original. Os livros estão saindo agora no Brasil, mas eu particurlamente não tenho gostado do tratamento editorial que deram. E ler em inglês sempre ajuda a reforçar o vocabulário, né!

Esse já é o quarto livro da coleção Sookie Stackhouse e isso significa que estou devendo as resenhas dos livros anteriores. De qualquer forma, é um dos melhores livros da série até agora por um simples motivo: o vampiro Bill praticamente não aparece. Duas páginas no começo mais umas duas outras páginas no final! Continue lendo “Dead to the World – Charlaine Harris”

O Mapa dos Ossos – James Rollins


capa do livro O Mapa dos Ossos

O Mapa dos Ossos – James Rollins

série: Força Sigma volume 1

Editora Ediouro – 489 páginas

Pontuação: 5

Saindo um pouco da linha chicklit, resolvi pegar um dos “livros de meninos” que tinha na minha estante para ler. Força Sigma é uma série em três volumes de James Rollins que, na minha opinião, foi mai legal de ler que O Código DaVinci, apesar de eu achar o livro do Dan Brown bem divertido. Continue lendo “O Mapa dos Ossos – James Rollins”

O Ladrão de Raios – Rick Riordan


Capa do livro O Ladrão de Raios

O Ladrão de Raios – Rick Riordan

Editora Intrínseca – 385 páginas (sem contar a prévia do livro seguinte)

Pontuação: 5 pontos

Primeiro post do triple-combo-post sobre Percy Jackson e os Olimpianos.

Talvez valha uma explicação sobre meu amor por mitologia, principalmente a grega. Quando eu era pequena, em uma das primeiras bienais do livro que meus pai me levaram, bati os olhos em uma coleção chamada Mitos e Lendas. Eu queria a coleção toda, mas meu pai pediu pra que eu escolhesse somente um. E eu comprei A Grécia. Minha paixão por mitologia nasceu naquele momento. Continue lendo “O Ladrão de Raios – Rick Riordan”