A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr


capa do livro A Batalha do Apocalipse

A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr

Editora Nerdbooks – 558 páginas (contando o glossário)

Pontuação: 4,5 (Só não dei 5 por coisa pequena. Tá mais embaixo a explicação)

“Aos probos os louros; aos perversos a morte!”

Você sabe o que significa “probo”? Eu também não sabia até ler A Batalha do Apocalipse. E isso é uma das coisas legais do livro. Ele está cheio de palavras que não são usuais das conversas coloquiais que temos todos os dias. (aliás, “probo” significa honesto, íntegro, justo)

Um livro longo, às vezes lento, mas em nenhum momento chato. Com batalhas cinematográficas, personagens carismáticos e uma pesquisa geográfica e histórica muito legal! Além de uma pesquisa “religiosa” sobre mitos e sobre a hierarquia angélica que são muito edificantes.

O livro conta a história de Ablon. Ele é um anjo renegado e o único querubim sobrevivente de uma insurreição da qual foi o líder. Antes da destruição de Sodoma, o anjo, junto com seus aliados, confiou em Lúcifer sobre os ideais de sua rebelião. A Estrela da Manhã os delatou, e assim foram expulsos do Ceú pelo arcanjo Miguel. Desde então Ablon vaga pela terra, fugindo para não ser executado.

Milênios se passam e é chegada a hora do apocalipse, e acompanhamos as decisões do anjo-general no presente e ao mesmo tempo, viajamos com ele para seu passado, descobrindo as aventuras por que passou durante todo o tempo que esteve preso na terra.

O querubim acaba por escolher o Rio de Janeiro como morada para esperar os acontecimentos do apocalipse. (Acho que desde os livros de Pedro Bandeira não li nada que se passasse aqui no Brasil. A história presente se passa aqui no Rio de Janeiro. É interessante ler as descrições dos lugares e conseguir imaginar aonde são.)

O que Ablon não esperava era ter que ser parte ativa na batalha final. Lúcifer, o arcanjo caído e governante do inferno, oferece ao general a oportunidade de se unir ao exército infernal e lutar contra o arcanjo Miguel. Mas Ablon sendo muito integro e correto, não aceita sua oferta. Intrigado com o convite do arcanjo sombrio, o querubim entra em contato com sua amiga Shamira e a convida a vir ao Brasil.

Aqui viajamos ao passado de Ablon e Shamira e a primeira vez que se encontram, durante a construção da torre de Babel. A moça é uma feiticeira necromante seqüestrada pelo rei Nimrod. Não tendo a intenção de auxiliar o rei em seus planos, Shamira foge, mas é perseguida pelo mago real, Zamir. Ablon salva a moça dos seus perseguidores e cuida dela enquanto se recupera.

O livro é um vai e vem cronológico na vida do herói que mostra suas aventuras do passado que são, de alguma forma, relacionadas a alguma ação que esteja acontecendo no presente. Essas viagens ao passado de Ablon, mostram como o anjo se transformou e progrediu durante sua estadia na terra. E como suas batalhas pregressas o prepararam e fortaleceram para o confronto final na batalha do apocalipse.

A história tem umas reviravoltas bem interessantes ao longo de suas quase 600 páginas. E por mais que eu tenha gostado de praticamente tudo, inclusive do final aberto que o autor nos deixa, tem uma coisinha ou outra que não foram do meu agrado.

Durante a narrativa existem momentos em que você lê um texto extremamente formal, mas no capítulo seguinte, o estilo já passou para uma fala mais informal. Não tem mapa! Nenhunzinho! E eu fiquei meio geograficamente perdida em alguns momentos do livro. Principalmente em uma parte em que Ablon está viajando da China para Alexandria! E às vezes, você encontra explicação para um termo/assunto que já foi explicado anteriormente no livro, além de ter tudo no glossário também.

Meu lado designer ficou muito “sentido” com umas viúvas sérias que se encontram na diagramação do livro (viúvas são palavras que “sobram” sozinhas na última linha do final de um parágrafo). Às vezes, essa palavra sozinha está começando uma página! E isso é muito feio de se ver. Acho que merecia uma revisão nessas sobrinhas.

SPOILERS – estragando a surpresa!

Leia a parte abaixo por sua conta e risco. “Sublinhe” com mouse para mostrar o texto.

Gostei de todas as surpresas do livro que na verdade são reveladas bem no final mesmo! É engraçado que em alguns momentos a história ficou um pouco morosa, mas o final foi quase corrido.

Senti falta de saber qual eram os nomes de todos os 18 querubins que acompanharam a rebelião de Ablon. Talvez até ler um pouco sobre a história de cada um para tentar sobreviver na terra. No fim das contas era só Ishtar, Yarion, Hazai e os outros…

Não sei se gostei de o Gabriel simplesmente ter escolhido “desaparecer”, mas entendo que era necessário para que o Ablon tivesse sua arma mais poderosa na luta com o arcanjo Miguel.

Por que todas as “anjas” têm que ser arqueiras? Nada contra arcos mas elas não poderiam ser fortes iguais aos homens não? Essa “mania” de deixar as mulheres na retaguarda me entristece.

Foi bem legal a maneira como a história é conduzida fazendo você quase esquecer das runas de proteção que Shamira coloca no braço de Ablon. Quando o general morre no combate com Miguel, e volta por causa do poder da runa do corpo, ainda ganha um upgrade de querubim para arcanjo.

O final em aberto, quando os 3 anjos remanescentes, incluindo Ablon, decidem voltar a roda do tempo e dar a todos os seres uma segunda chance bem me lembrou o final do filme do Superman, quando ele voa em volta da terra e faz ela retroceder o tempo. E por causa da outra runa, a da mente, Ablon é o único ser que se lembra de como foi o apocalipse. Com isso ele não vai interferir no livre arbítrio? E se a revolta comandada por ele não aconteceu, ele veio para terra só para ficar com a Shamira. Mas se algumas decisões tomadas foram diferentes, não necessariamente nasceria uma Shamira… @.@

Okei! É um livro de aventura, batalhas, blábláblá. Mas depois de 4 mil anos apaixonados um pelo outro, o Ablon dar um beijo apaixonado no cadáver da Shamira é quase um insulto… T_T

Eu que agora estou estudando a Jornada do Herói com o próprio Eduardo Spohr, achei muito legal poder acompanhar todas as etapas no livro. Recomendo para todos! Só não acho que é leitura para quem está querendo ingressar no amor por livros. Aí eu digo para você, é um pouco pesado. Comece um pouco mais devagar, afinal 600 páginas podem assustar qualquer um.

Livro que estou lendo agora: O Remanescente – Tim Lahaye;

Próximo da lista: dúvida cruel. Alguma sugestão da lista que eu postei no post anterior?

Até a próxima! o/

Anúncios

7 comentários em “A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr

  1. Fiquei com medo da empolgação nerd não ser correspondida, virasse fail e vc ficasse brocoxô. Que bom que o livro é legal!! \o/ Quando sair o jogo a gente zera junto! O tamanho do livro e das letras assusta… não sei se me atrevo. Mas pode me contar tudo, pode sim!
    Agora preenche as etapas e os arquétipos na lista pra exercitar!
    <3 :3

    1. A gente é “desenvolvedor de jogos”! Por que a gente tem que esperar que outros façam o jogo do ABdA pra gente jogar? A gente faz e vende pro Spohr por zilhões de gils! XD

  2. Kra 600 pagina é poko eu ja li um livro com quase 2000 mil paginas chama-se o Senhor dos Aneis tbm li todos os Harry Potter o que somando tudo da aproximadamento 3400 paginas e um detalhe que vão deixar vcs putos eu so tenho 13 anos kkkkk

    1. Adriano, não fiquei puta por você só ter 13 anos e já ter lido Senhor dos Anéis e Harry Potter. Isso simplesmente mostra que você se interessa por livros. O que me chateia é uma pessoa entrar no meu blog pra se gabar de 3400 páginas lidas e escrever da maneira como você escreve. Fora isso, espero que daqui há alguns anos você continue se gabando das suas 3400 páginas, e pelo menos acrescente algumas outras a elas.

  3. Adriano, ainda bem que voc só tm 13 anos pq voc tem que crescer criança pq eu tenho 15 anos é já li tantos livros que voc não vai ler na sua vida inteira ok. livros da série Gossip Girl que eu não faço a minima ideia de quantas paginas eles dão juntos, As Cronicas de Narnia de quase 800 folha, O Labirinto de Kate Mosse de 700 folhas, A série completa de Harry Potter 5 livros da série Para Sempre de Alyson Noel, 2 da Série Fallen de Lauren Kate, a coleção completa de Stephanie Meyer Crepusculo, Fomarturas Infernais, a Trilogia O apanhador de sonhos de Lisa McMann, A série completa DOS VAMPIROS DE MANHATTAN de Melissa De La Cruz, 2 da série como se livrar de um vampiro apaixonado de Beth Fantaskey, Halo de Alexandra Adornetto, Ebola de M.D William.T.Close, 2 da série Sussurro de Becca Fistzpatrick ETC… é muitos mais que não me vem a cabeça agora então porfavor quarde suas mizeras paginas com voc porque vim aqui no blog dos outros é querendo se achar é demais neam ve se cresce criança.

    A SÓ PRA LEMBRAR SAMARA SEU BLOG É PERFEITO, É TEM UM ÓTIMO SPOILER SOBRE A BATALHA DO APOCALIPSE.

    XOXO.

    1. Oi Laís, obrigada pelo apoio e pela visita! Fico feliz que você tenha gostado do blog e da resenha. Tem alguns livros na sua lista que eu ainda não tive a oportunidade de ler! Parabéns pelo bom gosto e pela dedicação. Fique à vontade para voltar sempre e comentar! Abraços.

  4. Samara, eu queria muito te pedir algo. Porque vocês que tem blogs sobre livros tem bastante conhecimento com outros donos de blogs também, é porque eu andei procurando 2 livros para ler na net mais não to achando de jeito nenhum, é eu queria saber se você conhece algum dono de blog que os tenham para download, os livros são O Milagre de Nicholas Sparks & Pode Beijar a Noiva de Patricia Cabot (Meg Cabot). Muito obrigado desde já é se não conseguir obrigada mesmo assim.

    XOXO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s